sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

1° de julho - Renato Russo

Eu vejo que aprendi O quanto te ensinei E nos teus braços que ele vai saber Não há por que voltar Não penso em te seguir Não quero mais a tua insensatez O que fazes sem pensar aprendeste do olhar E das palavras que eu guardei prá ti Não penso em me vingar Não sou assim A tua insegurança era por mim Não basta o compromisso Vale mais o coração Já que não me entendes, não me julgues Não me tentes O que sabes fazer agora Veio tudo de nossas horas Eu não minto, eu não sou assim Ninguém sabia e ninguém viu Que eu estava a teu lado então Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher Sou minha mãe e minha filha, Minha irmã, minha menina Mas sou minha, só minha e não de quem quiser Sou Deus, tua deusa, meu amor Alguma coisa aconteceu Do ventre nasce um novo coração Não penso em me vingar Não sou assim A tua insegurança era por mim Não basta o compromisso Vale mais o coração Ninguém sabia, ninguém viu Que eu estava ao teu lado então Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher Sou minha mãe e minha filha, Minha irmã, minha menina Mas sou minha, só minha e não de quem quiser Sou Deus, tua deusa, meu amor Baby, baby, baby, baby O que fazes por sonhar É o mundo que virá pra ti e para mim Vamos descobrir o mundo juntos baby Quero aprender com o teu pequeno grande coração Meu amor, meu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário